Saiba como administrar um restaurante

Luan SantosAutomação, Gestão, RestauranteLeave a Comment

Como administrar um restaurante

Restaurantes são alguns dos empreendimentos com mais dificuldade se se administrar e de ter sobrevivência no mercado. Quando conseguem se manter ativos por tempo o bastante para atingir um determinado sucesso, podem se tornar negócios de muito lucro.

De acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), no Brasil, o segmento movimenta cerca de 170 bilhões de reais todos os anos. Embora haja muita procura, outra pesquisa dessa mesma entidade apontou que 35% dos estabelecimentos encerram as atividades com menos de um ano, e apenas 3% dos empreendimentos funcionam há mais de 10 anos.

Neste artigo, veja como administrar um restaurante. Não se trata de um bicho de sete cabeças, mas algo que pode render muito sucesso para o seu negócio!

Faça um bom planejamento para administrar seu negócio

Um planejamento estratégico é primordial para qualquer pessoa que tem em mente abrir um tipo de negócio, por isso, é a primeira dica de como administrar um restaurante.

Nesse planejamento, é necessário que haja a identificação da possibilidade de negócio, a quantificação da clientela, a estimativa de lucratividade e o investimento preciso, além do custo operacional.

Além de colocar no papel o que é importante para o seu negócio, o empresário também precisa fazer uma pesquisa sobre o potencial do restaurante, atender qual é a estrutura necessária e explorar o potencial de negócios do seu serviço.

Claro que, para uma boa administração, você também deve planejar a gestão financeira do estabelecimento, contando com muitos controles financeiros que vão influenciar na saúde do seu restaurante. Com planejamento em todas as áreas, você consegue ter maior organização e terá percepção do que mais precisa da sua atenção no negócio.

Somente com o planejamento adequado, você conseguirá uma gestão de qualidade. Focar na administração é um dos segredos para o sucesso de seu negócio. Ela contempla todos os elementos de um empreendimento, como o atendimento, a qualidade da comida, o visual do ambiente, a higiene na cozinha, o respeito à legislação e outras coisas.

Lembre-se sempre da qualidade no atendimento

Não basta ter uma comida excelente se os funcionários do restaurante não estão aptos a atender e se comunicar com os clientes. Para isso, é de suma importância capacitar esses profissionais, fazendo com que prestem um bom atendimento alinhado com uma postura adequada no trabalho.

Além disso, conte com um sistema de gestão para restaurantes que lhe automatize alguns processos, permitindo assim o seu funcionário atender o cliente com mais tempo, cordialidade e calma.

Conceder bonificações ao funcionário pelos bons serviços prestados pode ser um incentivo para que ele sempre se dedique a dar o seu melhor. Isso ainda ajuda a diminuir a rotatividade entre funcionários, que prejudica a qualidade dos serviços, tendo que contratar novos funcionários e começar tudo do zero.

Cuide diariamente da gestão financeira

O controle diário do fluxo de caixa é apenas um dos pilares de uma gestão financeira eficaz. Por isso, nem pense em negligenciar essa parte do negócio, pois análises financeiras bem-feitas podem ajudar, inclusive, a aumentar a rentabilidade do seu restaurante.

O controle financeiro é uma atividade que pode ser trabalhosa para os leigos no assunto, mas que pode ser facilitada com o uso de um sistema de gestão financeira para restaurantes.

O dinheiro é uma das molas de qualquer negócio. É fundamental controlar os gastos sem afetar o nível de qualidade e de excelência do serviço.

A administração precisa consolidar as receitas e as despesas. Elas devem permanecer sempre equilibradas. Quando as despesas superam as receitas, é sinal de que alguma coisa está errada e o restaurante está tendo prejuízos.

O administrador deve analisar sempre as melhores formas de reduzir gastos. É possível que estejam sendo consumidas luz, gás e água em demasia, alimentos podem estar sendo desperdiçados, os funcionários podem estar fazendo muitas horas extras. Tudo deve ser registrado e analisado.

O controle financeiro permite avaliar as possibilidades de investimentos para melhorar o negócio. Ajuda, inclusive, a evitar contrair empréstimos altos na busca precipitada pelo crescimento da empresa.

Há ainda tributos que devem ser pagos e a gestão fiscal torna-se importante para que o restaurante não entre em conflito com os órgãos fiscalizadores.

O sistema para restaurante deve conter inúmeros benefícios para a gestão do estabelecimento. Deve ir desde o provisionamento de contas a pagar e receber até a resumos e balanço financeiro e, claro, deve contar com relatórios para saber o que melhorar na administração e saber reais dados do seu estabelecimento.

Conheça a legislação do setor

Não adianta manter um ótimo plano de negócios e um controle financeiro bem-feito se existir algum ponto em desacordo com a lei vigente para o ramo de restaurantes. Mesmo que esteja tudo em ordem e seguindo todas as normas, é necessário ter um profissional que você consiga consultar a cada três meses para se atualizar sobre isso. Afinal, basta um problema legal para que o seu restaurante seja inviabilizado.

Outra parte que merece ganhar atenção é o cuidado com as mudanças nas leis trabalhistas, portanto, fique atento às pautas do sindicato representante. Administrar a legislação, pessoa e processos pode ser bem desgastante, então, tome cuidado e utilize as ferramentas disponíveis para melhorar a gestão e a administração do negócio como um todo.

Utilize comanda eletrônica na sua administração

O processo de realizar os pedidos utilizando um sistema para comanda eletrônica é muito mais rápido. Esse processo agiliza o preparo e o atendimento do cliente, pois a impressão na cozinha ou bar é feita imediatamente após a confirmação do pedido na mesa.

Dessa maneira, o garçom não precisa ir até o caixa ou terminal do sistema para restaurante para registrar o pedido, ganhando tempo e agilizando todo o processo — sem contar que o cliente fica muito mais satisfeito, afinal, o tempo de espera é reduzido em até 60%.

Essa tecnologia está trazendo muitos benefícios, tanto para os clientes quanto para o dono do estabelecimento. Além de evitar situações constrangedoras e estressantes, evita a contaminação das entradas e saídas de garçons na área de produção.

Temos um artigo que explica tudo sobre a comanda eletrônica. Leia aqui.

Invista em marketing

Para saber como administrar um restaurante, é necessário entender melhor o que é marketing. Ele é necessário para explorar meios de divulgar o seu restaurante de maneira efetiva. Afinal, o marketing é o que de fato permite que a sua marca seja vista e lembrada, e, como diz o ditado: ”a propaganda é a alma do negócio”.

Invista em panfletos, outdoors, anúncios em rádios da região e não esqueça das redes sociais que são excelentes alternativas para atrair o público. A internet, hoje em dia, é a maneira mais fácil que os donos de restaurantes têm para divulgar seu negócio.

O Facebook também conta com uma ferramenta onde é possível criar anúncios com uma segmentação de público, assim, você pode escolher para quem seu restaurante será divulgado, atraindo novos clientes da sua região. Quer saber mais sobre marketing digital para restaurantes? Então clique aqui.

Ofereça um ambiente agradável

Tudo deve ser na medida certa. Dependendo do público-alvo, o ambiente pode oferecer pouco ou muito luxo. O ideal é que ele seja moderado — nem muito simples, nem muito sofisticado. O luxo exagerado pode intimidar até pessoas com muito dinheiro.

Recomenda-se proporcionar harmonia ao local, garantindo que todos se sintam bem. É interessante adicionar referências culturais que podem estar associadas à culinária ou mesmo à região.

Convém ainda considerar a acessibilidade. As mesas e as cadeiras devem estar bem distribuídas, de modo a não atrapalhar a locomoção dos clientes e funcionários. Isso vale para os objetos decorativos e outros elementos, como quadros, churrasqueira, caixa e assim por diante.

A percepção que o usuário tem do ambiente é de máxima importância para conquistar e fidelizar clientes. O ambiente agradável é ainda uma boa forma de divulgação do negócio.

Precifique corretamente

Às vezes, o restaurante consegue boas vendas, mas ainda assim não gera lucros satisfatórios. Um dos motivos pode ser a precificação incorreta. O preço deve envolver, além do valor dos insumos e da margem de lucro, todas as despesas que se tem com o local, como aluguel do imóvel, a folha de pagamento dos funcionários, os ingredientes, a água, a energia, o gás.

Além disso, quando são ofertados mais de um tipo de serviço, devem ser consideradas as características de cada um. Como exemplo, podemos lembrar que uma mesma refeição pode ter diferentes preços, dependendo do modo como é servida, já que envolve diferentes custos de produção e logística (self service, à la carte, delivery).

Instale câmeras de segurança

Como administrar um restaurante da forma certa se não investir em segurança? A segurança é fundamental para os clientes, para os funcionários, para você e para a própria empresa. Hoje já é comum a instalação de câmeras de segurança em diferentes tipos de estabelecimentos comerciais, como supermercados, lojas de confecção, shopping centers e assim por diante.

As câmeras podem ser instaladas facilmente e com discrição, já que existem modelos compactos. Elas registram toda a movimentação no local 24 horas por dia. Há até as câmeras infravermelhas, que permitem filmar em ambientes escuros.

Invista em treinamentos

Já falamos sobre a importância de um bom atendimento ao cliente. Por isso, vale a pena investir em treinamentos para os garçons e recepcionistas, os quais mantêm um contato constante com os consumidores. É fundamental ser educado, gentil, saber esclarecer dúvidas, ser atencioso e ágil. Eles devem estar preparados para agir em diferentes situações e os treinamentos contribuem para otimizar seu desempenho.

Os profissionais da cozinha também precisam se capacitar para suas funções, conhecendo as normas de higiene, desenvolvendo a arte da culinária e aperfeiçoando-se cada vez mais em sua área.

Se existir um profissional responsável pelo caixa, ele também deve se preparar para sua função já que lidar com dinheiro envolve uma grande responsabilidade. Lembre-se de que, em caso de assaltos, o caixa é o ponto mais visado pelos criminosos.

Faça uso de um sistema de gestão

Um recurso que faz a diferença no gerenciamento do seu restaurante é a utilização de um sistema de gestão para restaurante. São sistemas que registram os processos, analisam dados e ajudam a organizar as operações de forma eficiente, além de identificar gastos, desperdícios e prejuízos.

Contrate uma empresa especializada que lhe ofereça um sistema para restaurante com vantagens, como praticidade no atendimento, agilidade na comunicação, redução de erros, menos mão de obra necessária, controles, relatórios, armazenamento em nuvem e suporte, para saber quais soluções são mais adequadas para o seu restaurante.

O Sischef – Sistema de gestão para restaurantes, conta com todos esses atributos que poderão lhe auxiliar nessas tarefas. Solicite uma demonstração no nosso site, clicando aqui.

Por fim, administrar é …

Administrar não é apenas cuidar das contas de um restaurante. Administrar é gerir, como um todo, o estabelecimento, pensando na experiência do cliente, funcionários, contas, controle e muitos outros pontos já citados neste artigo.

Nunca se esqueça de que, com a grande concorrência na área da alimentação, é necessário se dedicar e colocar em prática todas as habilidades de administrar um estabelecimento e as pessoas de sua equipe, para realizar um excelente trabalho na gestão do seu restaurante.

Além disso, se especializar, se informar e utilizar a imaginação também são ótimas ideias para levar o seu negócio com disciplina e foco. Não deixe de acompanhar seu negócio de perto, sempre gerindo sua equipe como um verdadeiro time que precisa prospectar.

A tecnologia é uma aliada importante do administrador, permitindo um controle maior sobre as finanças e oferecendo opções mais modernas de trabalho e serviço, como o cardápio e a comanda eletrônicas.

Agora você já sabe como administrar um restaurante. E, já que estamos falando em tecnologia, dê uma olhada em nosso post sobre como escolher um sistema de gestão ideal para seu restaurante!

Baixe nosso E-Book e saiba como um sistema de gestão pode ajudá-lo em seu restaurante:

restaurante precisa

Leia também: 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *