A reabertura dos Restaurantes: como será a reabertura?

Luan SantosGestão, RestauranteLeave a Comment

como será a volta dos restaurantes

Falamos muito que depois da pandemia irá existir um novo normal na reabertura dos restaurantes. Mas o que seria esse novo normal?

Vários eventos mudaram nossos costumes nos últimos anos, principalmente a chegada da internet.

Conseguir dados se tornou muito fácil. O que chamamos de novo normal é algo que já fazemos. Mesmo que sem perceber.

O que conhecemos por mercado está em constante mudança e esta foi apenas mais uma. Brusca, mas ainda assim, uma mudança como outras anteriores.

Graças a isso, vários negócios infelizmente se viram obrigados a fechar as portas. Isso causou uma sobrecarga de profissionais qualificados no mercado.

Os pedidos tiveram um aumento significativo desde a instauração da pandemia, mas não se comparam aos pedidos que eram realizados antes.

De acordo com a ABIA, o ramo alimentício teve uma das maiores retrações no mercado. 20% dos negócios que eram registrados antes da pandemia não irão abrir. 

Isso influencia muito o faturamento dos restaurantes?

Mais do que se pode imaginar. Não era esperado que a queda de faturamento fosse tão grande assim.

Porém o mercado não sofre nenhum risco maior. Afinal, ele representa ⅓ das compras realizadas pela população brasileira.

Aqueles negócios que não possuíam reserva de emergência se encontraram em uma sinuca de bico. Precisam escolher entre manter o funcionamento e fechar as portas e pagar as contas. 

Essa escolha é muito difícil de se fazer, afinal sem pagar as contas, não é possível continuar funcionando.

Registrar tudo que é feito é essencial

O mesmo estudo registrado pela ABIA mostrou que o setor de alimentos sofreu uma queda de 60% em toda a produção.

Com a queda dos pedidos, vários negócios precisaram parar de comprar matérias-primas de fornecedores.

A pandemia serviu para mostrar que a base do negócio não estava preparada para uma crise. Ninguém imaginava que a situação fosse acontecer e a maioria das pessoas não se preparou para emergências.

Com o retorno tomando forma, a concorrência conta com negócios que estão bem-estruturados. Existem novas oportunidades para investir com o distanciamento social.

Muitos negócios que possuem visão já estão obtendo sucesso durante a reabertura.

Para aqueles que ainda estão sofrendo financeiramente, o ideal é acertar todas as dívidas para conseguir investir futuramente.

As mudanças acontecerão a médio e curto prazo

A curto e médio prazo, poderemos acompanhar algumas adaptações que já estão sendo feitas em vários food services.

Tais mudanças propõe fornecer maior segurança tanto para os clientes quanto para os colaboradores.

Muitos lugare instalarão vidros para separar as pessoas, além da já conhecida higienização constante. 

Mesmo com tantos cenários diferentes, o comércio irá continuar. De uma maneira nova, mas irá.

É preciso estar aberto às novidades e fazer o que for preciso para se adaptar.

E a longo prazo, como funcionarão as coisas?

Podemos pintar três cenários diferentes para a reabertura dos restaurantes a um futuro a longo prazo.

No primeiro deles, algumas tendências de higiene serão aplicadas para todos os tipos de restaurantes.

No segundo cenário, aparecerão novas oportunidades para um público maior. Por exemplo o uso de delivery, que cresceu substancialmente neste período.

E no terceiro, várias coisas se manterão como já eram, como por exemplo as filas e a necessidade de reservas. 

Forneça um atendimento específico para o distanciamento

Temos um grande público que deseja voltar a visitar restaurantes e lanchonetes. Porém ainda estão com medo de sair de casa e preferem manter as ordens de distanciamento social. 

Uma opção para incentivar o distanciamento durante a reabertura dos restaurantes é a utilização do cardápio de mesa por qrcode.

Assim, os clientes realizam o pedido pelo próprio celular e a única tarefa do garçom é a de levar os pedidos para o cliente.

Ele também diminui as chances de erro humano causado pelos garçons e agiliza o atendimento.

Nesta opção de cardápio, o cliente tem um controle total do seu pedido pelo celular. Distanciar as mesas e cobrar o uso constante de máscara e álcool em gel por todos os atendentes.

O ideal também é ter um cardápio digital para atender no delivery.

Alguns aplicativos cobram uma porcentagem em cima de cada pedido feito pela plataforma. Porém, possuindo um cardápio digital seu, você escapa dessas taxas.

O problema de pagar taxas é o valor que elas descontam no final do mês. Alguns apps descontam até 30% de cada pedido feito.

Para se destacar no mercado você precisa usar a criatividade para evitar ser esquecido. Fidelize os seus clientes com cupons de desconto ou surpresas na hora da entrega.

Use as redes sociais para ter uma relação mais próxima do seu cliente. Aposte em posts interativos, e sempre responda comentários e mensagens.

 

Esperamos que este artigo ajude você a ter uma visão de como será o mercado depois da reabertura dos restaurantes. Conta pra gente nos comentários o que achou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *