Descubra os maiores erros de gastronomia cometidos na cozinha

Nayara Vasconcelos RodriguesGestãoLeave a Comment

gastronomia

Dentro da gastronomia os erros dos chef de cozinha também são muito comuns. Isso porque a cozinha é um ambiente de bastante movimento e um deslize como um corte errado ou um minuto a mais no fogo, podem arruinar a preparação de um prato.

No entanto, os erros fazem parte do dia a dia e um profissional deve saber lidar com eles e principalmente consertá-los.

Apesar dos erros básicos que acontecem na rotina do profissional, existem também os erros grotescos.

Esses, são frutos de más decisões, falta de planejamento e falta de experiência na área.

Erros provenientes deste tipo de situação, fazem com que a carreira do profissional seja prejudicada, assim como o estabelecimento onde trabalha.

Então, se você quer evitar que esses erros aconteçam, leia este artigo. Aqui nós abordaremos os pontos principais para que você se destaque e não deixe que essas falhas se tornem rotina.

Principais erros da gastronomia para você não cometer

A culinária sem dúvidas é uma arte que encanta e diverte. Para muitas pessoas, a cozinha é um bicho de sete cabeças muito difícil de lidar, para outras, o ambiente é amigável e às vezes o local em que a pessoa mais gosta de ficar.

No entanto, para ambas as partes, cometer erros na cozinha é algo que pode acontecer. Inclusive no ambiente profissional entre chefes e ajudantes.

Mas, e quando o assunto é sobre erros “grandes”?

Quando você se torna um chef profissional, é muito importante que você se atente ao ambiente a sua volta.

Isto é, não apenas para a preparação de um prato e para a matéria-prima necessária, sua atenção também deve estar voltada as condições dos utensílios  e equipamentos que você tem ao seu dispor na sua cozinha, destacando que essa atenção deve ser ainda maior sobre os profissionais que te cercam.

Uma escolha errada às vezes pode ser o suficiente para atrapalhar toda a equipe e também a rotina do local onde você trabalha.

Sendo assim, para que esse tipo de coisa não aconteça, fique atento aos principais erros que listamos para que você não os cometa em sua rotina profissional.

1. Má escolha de utensílios

A primeira coisa sobre a qual um chef de cozinha deve se atentar é a escolha do utensílios com que ele trabalha.

Cada cozinha acaba tendo tipos de necessidades diferentes, assim como desafios diferentes.

No entanto, uma maneira de fazer com que essas necessidades sejam agilizadas recai sobre a escolha de boas ferramentas para se trabalhar.

Ou seja, ter utensílios para fazer o básico não é o recomendável dentro de uma cozinha.

Isso porque a maior parte das pessoas que trabalham com manipulação de alimentos, deseja se sentir livre para criar algo inovador, diferente e que chame a atenção do público, e para isso, o suporte de ferramentas que o permita fazer qualquer coisa e de extrema importância.

Portanto, se limitar aos materiais acaba fazendo com que a criatividade do profissional também seja limitada.

E não é só isso, a diversidade de acessórios como um melhor tipo de faca ou o melhor tipo de panela facilita e muito a manipulação e o preparo de alimentos.

Adquirirá materiais de marcas já conhecidas e confiáveis, pois essas se preocupam com a durabilidade dos seus produtos e com a segurança dos usuários.

Quando um prato é feito por meio de recursos duvidosos por exemplo, o resultado final, sua aparência e resistência, podem impactar negativamente na opinião e experiência do consumidor.

Sendo assim, se você quer uma culinária de sucesso, é fundamental não economizar ao escolher as ferramentas de cozinha certas e de boa qualidade.

Quer saber quais equipamentos você precisa no seu restaurante? Clique aqui!

2. Cozinha não planejada

Se gastronomia pudesse ser definida em uma palavra, o chef de cozinha a definiria como dinâmica.

Isso porque a profissão exige um compilado de características como:

  • Agilidade;
  • Otimização;
  • Criatividade;
  • Versatilidade.

Sendo assim, para que se crie um ambiente propício para essas características circularem soltas no meio de várias pessoas, deve-se fazer com que o ambiente tenha o planejamento adequado para isso.

Portanto, saber como montar uma cozinha para que seus profissionais trabalhem é essencial.

Posicionar lugares estrategicamente de modo a entregar funcionalidade ao local, tornando-o bom para prática da gastronomia, é fundamental no ramo.

O erro de logística quando uma cozinha está sendo planejada, pode acabar quebrando o fluxo de trabalho dos funcionários, fazendo com que eles tenham que se adaptar a um jeito mais cômodo para eles, mesmo que esse seja menos prático do que deveria ser.

Portanto, se você quer abrir um restaurante próprio, você deve saber que isso é uma parte vital para que ele se desenvolva.

3. Contratação de pessoas sem experiência em gastronomia

Um erro que às vezes um chef de cozinha pode cometer é a realização do contrato de pessoas sem a experiência necessária em uma cozinha.

Isso prejudica muito um negócio, pois provavelmente, a qualidade de preparo dos alimentos não seguirá o padrão estabelecido, fazendo com que a equipe se atrase tendo que corrigir possíveis erros ou tendo que ensinar ao novato a preparar um prato.

Desse modo, pensando em como tudo em uma cozinha se move de maneira acelerada, não é recomendável perder tempo com alguém que dependerá de muita atenção. Então, é fundamental que todas as contratações sejam feitas levando em consideração o conhecimento técnico ou profissional e ainda o tempo de trabalho na área.

4. Falta de material para trabalho

Pode parecer irônico que em um restaurante venha faltar algum tipo de alimento, certo?

No entanto, isso não é uma raridade, e acontece. Muitas pessoas por falta de planejamento ou por conta de uma má gestão, acabam não sabendo administrar a compra, o estoque e a saída de matéria-prima necessária.

Saiba mais sobre gestão. Clique aqui!

Esse é um erro que deve ser combatido a qualquer custo.

Imagine que o seu restaurante está no horário de pico e de repente você se dá conta de que não tem o material necessário para o restante do dia.

Já imaginou o prejuízo e o desconforto para você e para os clientes?

Pois bem. Se você quer evitar os erros, evite os riscos de uma má gestão.

Além disso, um chef precisa não só dos ingredientes como também de uma variada seleção de temperos.

Portanto, inovar e diversificar nos ingredientes para criar mais temperos do chef é essencial para que os pratos tenham o sabor e a característica marcante de quem o prepara.

Nunca deixe faltar nada.

5. Não ter um relacionamento com seus colegas de trabalho

O trabalho feito dentro de uma cozinha é uma relação entre equipes. Portanto, é fundamental que o relacionamento entre a equipe seja o mais cordial possível.

É preciso que um chef seja um líder de equipes e saiba comandar e também ouvir.

O pior erro dentro de uma cozinha, é se colocar como superior e não saber como coordenar as situações.

Quando há soberba entre os funcionários, o relacionamento, a comunicação e o entendimento podem ficar abalados.

O resultado final sempre será prejudicial para a empresa. A sua equipe deve ser uma cozinha bem informada, portanto é indispensável que o contato próximo de todos os membros da equipe aconteça para que um trabalho de excelência  apareça.

6. Desprezar a importância da higiene e segurança

Um dos pontos mais importantes dentro da gastronomia, é a busca incansável da manutenção de padrões de limpeza e higiene que respeitem as normas e legislações impostas pela vigilância sanitária.

Esse órgão cobra dos estabelecimentos medidas que necessárias para a manutenção da saúde de todos os frequentadores de food services pelo Brasil. Para quem não cumpre e é pego cometendo alguma infração, as multas são altíssimas.

Portanto, um erro grave e que nunca pode ser cometido dentro do ambiente profissional como uma cozinha é o descuido com a limpeza e a manutenção dos alimentos, além da higiene do local e dos utensílios.

Afora isso, outra coisa que deve estar dentro das normas é a segurança e higiene também do trabalhador.

Na cozinha, é fundamental que a vestimenta seja adequada, proporcionando ao local não só um visual apropriado ao estabelecimento, mas também a segurança necessária para que os mesmos trabalhem sem correr riscos.

Apesar de um estabelecimento poder ter o gerenciamento de uma pessoa que não necessariamente tem uma ligação com a gastronomia, é fundamental que o chef de cozinha gerencie o estabelecimento junto a essa pessoa.

Isso porque somente o chef consegue ter a noção de tudo o que envolve seu trabalho e tudo o que proporciona a ele agilidade.

Sendo assim, desde a escolha de materiais até a contratação de um novo funcionário, tudo que envolva a cozinha deve passar pelo responsável por ela.

Conclusão

Por fim, vimos que na gastronomia os erros dos chef de cozinha podem ser comuns. No entanto, há outros erros gritantes que você não deve, jamais, deixar acontecer.

Sendo assim, se atente a cada uma das nossas dicas.

Com certeza seu ambiente de trabalho se tornará diferenciado.

Gostou deste artigo? Nos conte aqui nos comentários e compartilhe-o em suas redes.

Quer saber ainda como montar um restaurante do zero? Clique aqui e saiba mais!

Então é isso, até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *