Saiba o que é cashback e como ele pode te ajudar a vender mais!

Willian GalvaoSistema para restauranteLeave a Comment

o que é cashback

Você já passou pela situação de aparecer um cliente perguntando se o seu estabelecimento tem cashback? Por um acaso, seu pensamento foi: “Meu Deus! O que é cashback?”

Se a sua resposta foi “sim”, tenha calma! Saiba que muitos gestores de estabelecimentos físicos, inclusive de restaurantes, não fazem ideia das vantagens desse recurso para o marketing do negócio.

Para que você não perca a excelente oportunidade de vender mais, resolvemos esclarecer o que significa cashback, sua importância e como aplicá-lo. Confira!

Afinal, o que é e como funciona o cashback?

Embora esse conceito tenha estourado nos últimos tempos, o cashback — que significa “dinheiro de volta” em inglês — já é um termo antigo e velho conhecido dos norte-americanos, que começaram a usar em 1998. No Brasil, essa história de receber algum valor de volta nas compras teve seu início no final dos anos 2000 e várias empresas foram se consolidando nesse mercado de lá para cá.

Diferente de uma promoção ou liquidação de Black Friday, o cashback funciona de forma bem simples: as empresas anunciam no site do intermediário, depois, quando o usuário efetua a compra, parte da comissão recebida pelo parceiro é devolvida ao cliente. Esse crédito fica salvo em uma plataforma e, assim que chega a um valor mínimo estipulado, pode ser resgatado, utilizado em novas compras ou doado.

Qual a importância do cashback?

Por si só, a dinâmica utilizada nesse sistema, em que clientes, intermediários e os estabelecimentos de food service ganham, já é vantajosa, afinal, existe praticidade no cadastro, na compra e no anúncio do local. Sendo assim, o cashback começa a valer a pena quando se percebe um volume maior de clientes procurando o perfil do seu negócio na plataforma.

Oferecer essa porcentagem numa espécie de parceria com o cliente é uma maneira de estimulá-lo a fazer suas refeições sempre naquele lugar, pois na mente deles terão a certeza de reembolso do valor gasto.

É nesse momento que entra o “pulo do gato” de criar uma verdadeira experiência de consumo, a fim de impulsionar o consumidor a utilizar o crédito do cashback para comer fora novamente.

A visibilidade do restaurante, lanchonete, cafeteria, por exemplo, também é um diferencial, tendo em vista que seu estabelecimento estará em evidência e pode ficar na memória do cliente. Além disso, o acesso aos dados dos usuários permite que as campanhas sejam mais segmentadas e que você utilize isso no seu sistema interno, realizando assim um atendimento personalizado.

Como implementar o cashback na prática?

A princípio, é preciso escolher um sistema que esteja de acordo com os seus objetivos e metas, sendo que existem várias plataformas disponíveis nesse conceito de cashback, tais como Méliuz, Beblue, Cashola, Poup, Mooba etc. Avalie como funciona cada uma delas, quais são os requisitos e como é a integração com a maquineta de cartão de crédito.

A seguir, efetue o cadastro e aguarde o retorno do suporte da plataforma, com o propósito de efetuar as devidas integrações para que o seu estabelecimento seja comissionado e o cliente tenha o reembolso.

Os valores para os estabelecimentos e clientes variam bastante, por isso, é necessário verificar cada pormenor antes de fechar negócio.

Por fim, perceba que muito mais do que saber o que é cashback em si, você precisará otimizar os processos internos, oferecer um atendimento de primeira e gerenciar as contas com eficiência, pois, com isso, o seu negócio tenderá a crescer a cada dia.

Se você gostou do conteúdo e quer saber um pouco mais a respeito de como ser rentável de verdade, aproveite que está por aqui e entenda a importância da fidelização de clientes para os restaurantes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *