Organize seu estoque para altas demandas

Willian GalvaoAtendimento, Fiscal, GestãoLeave a Comment

Sabia que a agilidade, qualidade e sucesso do seu restaurante dependem sim da organização do estoque?

Evidentemente que todos os setores precisam estar em harmonia no seu restaurante, mas quando falamos de estoque, redobre sua atenção, porque sua principal função deverá ser: armazenar o necessário e o suficiente.

O estoque é de suma importância para que não haja exageros ou falta de ingredientes e principalmente para que sua lucratividade seja relevante. Por isso, fizemos algumas dicas para organizar seu estoque para altas demandas.

Identificar as categorias

É a maneira de “visualizar” o estoque rapidamente para que o controle seja mais fácil. Um bom exemplo é separar em: carnes, verduras e legumes; frutas; cereais; lácteos, bebidas e assim por diante.

Inclusive, faça subcategorias bem detalhadas, o que lhe será muito útil tanto para a organização física, como documental.

Controles periódicos

Vale investir no controle. A conferência deve ser assídua, em períodos curtos, pois a alta rotatividade de um restaurante exige esta dinâmica.

Para a alta demanda a atenção deve ser redobrada para que a falta não prejudique o bom andamento dos trabalhos.

Uma dica excelente é separar em:

  • Itens com maior rotatividade: Aqueles que se usa diariamente e em grandes quantidades.
  • Itens com menor rotatividade: Apesar de ser a minoria, em certas ocasiões são imprescindíveis.

É relevante que você faça as conferências físicas do estoque, com bastante regularidade, ainda mais se o controle é manual, enquanto que com softwares os relatórios são ferramentas importantes de medição do estoque.

Quantidades de cada produto no seu estoque

Você sabe quantos ingredientes são necessários para preparar cada cardápio, não é mesmo?

Sendo assim, mesmo com altas demandas, você deve estar atento para que não faça compras em excesso, ou abaixo do desejável.

Equilíbrio é tudo, e você precisa encontrar o ponto ideal para manter seu estoque ativo, nem mais nem menos.

E como você fará isso? Gerenciando suas estatísticas, ou seja, projetando alta demanda conforme análises anteriores.

Para isso:

  • Faça o levantamento dos pratos que você vende mais;
  • Compare os três últimos períodos de alta demanda;
  • Qual prato você vende menos.

Além disso, faça projeções para períodos curtos e considere influências externas que irão interferir positivamente no período para aumentar a demanda. Observe à logística, preço e entrega de fornecedores.

Armazenamento

Demanda em alta é igual a mais estoque. Encontre um bom espaço para armazenar tudo sem prejudicar a durabilidade de cada alimento.

Antecipação

Você não quer deixar de atender clientes, não é mesmo? Por isso, planeje antecipadamente seu estoque para o fim de ano. Que produtos exigem maior tempo de entrega? Quais têm custo elevado?

Como falamos anteriormente, sabendo identificar os períodos em que a demanda aumenta, você conseguirá estabelecer uma ótima programação.

Além disso, um bom layout; higiene e fornecedores parceiros serão pontos importantes para administrar com agilidade seu estoque.capa-ebook

Agora é partir para a prática e encantar seus muitos clientes com o melhor do seu cardápio! Aproveite e baixe gratuitamente nosso e-book com Gestão de Atendimento: Dicas para alavancar seu restaurante! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *