Atendimento delivery: quais erros não cometer na entrega de pizzas?

Willian GalvaoDeliveryLeave a Comment

atendimento delivery

Tem percebido que o volume de clientes diminuiu drasticamente nos últimos tempos, mas não faz ideia do que pode ter ocorrido? Saiba que cometer erros no atendimento delivery pode colaborar bastante para essa situação.

Para atrair mais clientes e manter na base aqueles que já consomem seus produtos, vale enfatizar a importância de manter um bom relacionamento com o público — desde o primeiro contato até a entrega da pizza. As demandas precisam ser cumpridas com rapidez, planejamento e ótimas análises, a fim de gerar relatórios cruciais para a gestão do negócio.

Neste post, trouxemos os principais erros que você jamais deve cometer em seu atendimento delivery. Acompanhe a leitura e confira!

Fornecer um atendimento ruim

Uma das primeiras situações as quais você deve ter atenção, pois pode manchar bastante a imagem da marca, é a questão do atendimento ao público. O atendimento precisa ser exemplar desde o primeiro contato do cliente com a empresa, tendo em vista que uma ligação não atendida, a demora para concretizar o pedido e a falta de educação no trato com os consumidores são problemas graves nesse processo.

O ideal é que você tenha uma equipe treinada para lidar com uma demanda alta de pedidos. Esses colaboradores devem saber agir prontamente e com eficiência, tendo o cadastro do cliente devidamente pronto para otimizar o tempo. Independentemente se o pedido será realizado via WhatsApp, Facebook, telefone ou por meio de integração com o iFood, lembre-se de prezar por um atendimento que saiba reconhecer a necessidade do público.

Registrar os pedidos manualmente

Se com toda a revolução tecnológica que vivemos você ainda realiza os pedidos manualmente, pode ter certeza que a concorrência está anos-luz à sua frente. Ter milhares de bloquinhos espalhados pelo balcão ou planilhas complexas — que mais confundem do que ajudam — tendem a prejudicar o atendimento, influenciando no tempo de preparo da pizza, na colocação da embalagem e no processo logístico.

É preciso automatizar sua pizzaria sem pensar duas vezes. O objetivo dessa decisão é evitar, por exemplo, aqueles famosos erros de caligrafia dos atendentes — o que diminui o índice de pedidos errados. Com os processos digitais, fica mais simples de controlar todos os passos essenciais da sua gestão e identificar possíveis problemas entre o pedido e a entrega de fato.

Demorar para realizar a entrega

Sem sombra de dúvidas, uma das coisas que mais irrita os clientes é esperar séculos para receber uma pizza. Afinal, tratando-se desse tipo de produto, o mínimo desejado é que a massa chegue quente na casa do consumidor. Muitas vezes, a demora é a somatória de diversos fatores, tais como o registro errado dos pedidos, a má distribuição de tarefas, a falta de planejamento logístico e assim por diante.

Sendo assim, vale pensar em um sistema que possa oferecer uma boa integração com o Google Maps — a fim de calcular a rota exata entre o seu estabelecimento e a residência do cliente, evitando que a pizza chegue fria. Entenda que ter uma gestão qualificada contribui bastante para que o tempo seja otimizado e o serviço flua de forma natural.

Produzir e entregar uma pizza de má qualidade

Seja qual for o forno de pizza utilizado na cozinha do seu estabelecimento, sua equipe jamais pode cometer o erro de gerar um produto sem qualidade. Isso interfere diretamente na credibilidade do serviço prestado e pode afastar vários clientes. Infelizmente, quando falta comunicação entre os setores da empresa, a entrega tende a ser deficitária, o que faz com que a pizza não tenha o padrão esperado.

É indispensável que haja uma integração entre o atendimento inicial da recepção e os pizzaiolos. Ao emitir uma notificação do pedido para a cozinha, em seus mínimos detalhes, é possível aumentar o controle de qualidade e entregar algo certo. Além disso, torna-se fundamental que haja um controle das entregas, a fim de evitar que os motoboys levem as pizzas reviradas e prejudiquem a imagem do seu negócio.

Cobrar valores equivocados

Hoje em dia, não é muito difícil descobrir os preços médios pagos nas pizzas por aí. A informação está mais democrática e os clientes têm noção do quanto pretendem pagar para adquirir o seu produto. Tendo isso em vista, compreenda que é inconcebível cobrar valores equivocados, pois lesar o consumidor é uma passagem só de ida para o caminho da falência.

Por isso, é importante sempre ter um controle atualizado dos pedidos e personalizado com as taxas de entrega já associadas a cada cadastro, evitando cobranças indevidas e proporcionando um atendimento delivery justo. Lembre-se também de verificar questões básicas, como as opções de pagamento ao receber a pizza, se é preciso levar troco e como será cobrado o valor — pelo produto mais caro ou fracionado.

Esquecer de mensurar os resultados

Em qualquer gestão de qualidade, a mensuração de resultados é um dos fatores mais relevantes para identificar falhas e redesenhar as estratégias de marketing. Ao esquecer de analisar como estão as vendas, as entregas, o nível de atendimento e quanto de material foi gasto, pode-se criar uma situação embaraçosa para fechar as contas com um saldo positivo. Afinal, como saber se há rentabilidade ou não?

Ao compreender esse ponto crítico, faça um gerenciamento do histórico de pedidos via delivery para acompanhar relatórios de entregas, de vendas, do ticket médio e demais indicadores que possam impactar no seu controle financeiro. Para melhorar os processos na pizzaria, é preciso contar com um sistema que realize conferências em tempo real e que disponha de funções tanto no modo online quanto offline.

Deixar de fidelizar os clientes

Para além da própria venda em si, você precisa prestar atenção no que ocorre depois dela. Isto é, não basta apenas conduzir os clientes na jornada de compra até a sua pizzaria e achar que isso basta, mas sim fidelizá-los para novas aquisições. Negligenciar o pós-venda é um erro gravíssimo na gestão de um estabelecimento — dificilmente isso fará com que sua empresa cresça de verdade.

Seja positivo, seja negativo, reconheça que o feedback do cliente é importante para averiguar como está o atendimento delivery e conquistar a preferência do consumidor. Perceba que a venda precisa ser uma experiência de consumo, sendo que, quando o cliente compreende o valor agregado ao produto, fica muito mais fácil gerar mais pedidos e ainda ter promotores da marca à disposição.

Para concluirmos, caso esteja pensando seriamente em modificar os processos do seu atendimento delivery, leve em consideração contar com a experiência de quem entende do assunto em matéria de software. Com isso, terá em suas mãos o que há de melhor em gestão de entregas e fará da sua pizzaria um negócio de sucesso.

Se você curtiu este texto e quer saber um pouco melhor sobre o nosso sistema automatizado para pizzarias, entre em contato conosco para explicarmos passo a passo o que precisa fazer em sua gestão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *