Redes sociais para restaurantes: em quais plataformas investir?

Willian GalvaoSistema para restaurante1 Comment

redes sociais para restaurantes

Segundo a pesquisa Social Media Trends 2019, 43,6% das empresas adotam estratégias de divulgação nas mídias sociais. Em relação às redes sociais para restaurantes, por exemplo, você tem ideia da importância de usá-las e de quais são as mais comuns?

Saiba que utilizar plataformas do tipo traz diversos benefícios para o ramo de food service, tais como a propagação do nome do estabelecimento na web, o engajamento com uma audiência qualificada, o aumento nas vendas e a geração de tráfego orgânico para o site da empresa.

Trabalhar bem com as mídias online é essencial para melhorar o posicionamento do seu restaurante. Com certeza, a grande maioria do seu público está nas redes de relacionamento na internet e, vale dizer que, atualmente, as pessoas são muito influenciadas por tudo o que aparece com frequência no ambiente virtual.

Como consequência, escolher bem as redes sociais para restaurante com certeza vai contribuir muito para aumentar sua clientela e o faturamento de seu negócio.

Neste post, você descobrirá a importância de criar um bom perfil nas redes sociais e quais são as melhores ferramentas para divulgar seu empreendimento. Basta continuar a leitura e, mais tarde, contabilizar os likes!


Pense no perfil do seu restaurante

Antes de começar a criar perfis em todas as plataformas, é importante parar por um instante para avaliar algumas coisas relacionadas ao seu negócio. Pense no tipo de restaurante que você tem e nas características de clientes que deseja alcançar. Essa análise ajuda a direcionar suas ações nas redes sociais, bem como decidir em quais delas você estará.

Para que tudo dê certo, você precisa montar uma boa página e gerenciá-la de maneira atuante e frequente. Publicar fotos, vídeos, responder as pessoas e criar promoções são ações que demandam regularidade.

Por isso, ao escolher redes sociais para restaurante você deve considerar também que tipo de conteúdo deseja produzir e quais serão mais fáceis de manter. Lembre-se que, pior do que não ter um perfil online é deixá-lo estático e desatualizado.

Instagram

O Instagram é uma das mídias sociais mais utilizadas nos últimos tempos, principalmente pela praticidade que a plataforma tem, seja para usuários comuns, seja para empresas. Por lá é possível criar promoções atrativas para seus clientes, postar imagens dos pratos da semana, mostrar os bastidores do estabelecimento e trabalhar várias outras estratégias que fortaleçam a marca.

As hashtags têm potencial para impulsionar os conteúdos de forma natural e driblar os algoritmos da plataforma. Elas não só fazem os seus seguidores verem os posts, como também despertam interesse em outros públicos. Para tanto, invista na qualidade das imagens, preencha todo o perfil e tenha um atendimento eficiente para compreender as necessidades da sua audiência.

Atualmente, o Instagram é uma das ferramentas mais completas de divulgação, pois é dinâmico e permite que você publique todo tipo de imagens e vídeos. Uma característica interessante é que, por meio dos stories, gera-se um excelente conteúdo temporário.

Ainda, é possível fazer a cobertura de um evento, sem que isso fique guardado de forma permanente no seu perfil. A desvantagem é que esse dinamismo demanda que você esteja sempre presente na mídia. Além disso, as fotos precisam ser bonitas e você deve interagir com os usuários para ganhar visibilidade.

Facebook

Praticamente todas as pessoas têm um perfil no Facebook. Por isso, essa é uma das redes sociais que não pode deixar de manter. Lá, você consegue criar grupos restritos e públicos, compartilhar promoções e postagens que achar mais interessantes.

Em sua página comercial, é possível adquirir pacotes pagos, que aumentam a divulgação e visibilidade do seu perfil. Sem contar que não precisa criar um conteúdo tão elaborado quanto o do Instagram.

A rede de Mark Zuckerberg conquistou uma fama incrível nos quatro cantos do mundo, e não é diferente no nosso país. Por mês, mais de 130 milhões de brasileiros utilizam a plataforma como entretenimento e fonte de informação. Pelo fato de ter um suporte especializado e dispor de todas as ferramentas necessárias para análise e vendas, o Facebook se torna uma das grandes redes sociais para restaurantes.

Você pode divulgar receitas especiais, colocar dados sobre o cardápio, promover eventos que ocorrerão no estabelecimento e encher a página com fotos e conteúdos relevantes que enriqueçam a experiência de consumo dos visitantes. Além disso, graças ao sistema de links patrocinados, o Facebook ainda oferece um poder imenso de segmentação e geolocalização.

YouTube

Já imaginou ter seu próprio programa de televisão? É mais ou menos essa a proposta do YouTube. Quando você se inscreve, ganha um canal, no qual pode publicar todo tipo de vídeo que quiser, desde que seja original e não copie trechos sem autorização.

A dica, nesse caso, é investir na qualidade das imagens e criar produções que tenham relação com seu empreendimento. Convide um chef para ensinar uma receita, por exemplo, ou ensine as pessoas a montar uma mini horta para apartamentos. Com certeza muita gente vai querer conhecer o local de onde saem essas ideias!

Embora não seja considerado uma rede social propriamente, o YouTube está no coração dos brasileiros. Os vídeos disponibilizados na plataforma são consumidos diariamente na versão web e em aparelhos móveis. Mesmo que exija uma produção mais incrementada para produzir vídeos com estilo e ideais para adquirir likes e inscrições no canal do restaurante, a possibilidade de viralizar na internet é enorme.

Para fazer uma divulgação de primeira e ficar entre os conteúdos que estão em alta, as principais práticas são: trabalhar o storytelling para contar excelentes histórias, desenvolver tutoriais e listas, apresentar a estrutura do ambiente e realizar parcerias. O contato com digital influencers pode proporcionar uma visibilidade incrível para o seu estabelecimento, além de gerar o gatilho mental da prova social.

Aproveite e confira mais conteúdos sobre a gestão de estabelecimentos do ramo gastronômico em nosso canal no YouTube.

TripAdvisor

Essa é considerada a maior rede social para quem deseja viajar pelo Brasil e pelo mundo, já que sua proposta é entregar não apenas dicas atualizadas sobre voos, aluguéis de temporadas, passeios turísticos ou bons restaurantes, mas também experiências memoráveis. Por meio das avaliações das pessoas que estiverem em seu restaurante, você consegue obter mais visualizações e, com isso, atrair novos paladares.

O feedback do cliente é imprescindível para compreender quais são os pontos relevantes do seu negócio e o que precisa ser melhorado — inclusive, serve como termômetro das campanhas de marketing. Sendo assim, mantenha o perfil sempre com dados atuais, responda cordialmente os usuários e colete esses dados para reposicionar suas promoções nas outras redes sociais também.

Por fim, perceba que existem ótimas vantagens na utilização da tecnologia a serviço da publicidade do seu estabelecimento. No caso das redes sociais para restaurantes, é evidente que elas tornam a comunicação mais acessível e podem proporcionar empatia com o público.

Se você gostou deste artigo e quer saber um pouco mais do assunto para fazer bonito na internet, então aproveite que está por aqui e entenda melhor a respeito da importância do marketing digital para restaurante!

E então, qual rede social é a sua preferida? Compartilhe o conteúdo nela e comece a criar engajamento agora mesmo!

automação de restaurantePowered by Rock Convert

One Comment on “Redes sociais para restaurantes: em quais plataformas investir?”

  1. Pingback: 5 práticas de como vender pelo WhatsApp no ramo de alimentação | Sischef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *