Cardápio para restaurante: Mais que uma carta de apresentações

Ulisses ConstantiniMarketing, RestauranteLeave a Comment

Cardápio de restaurantes

A função do cardápio é ser uma das principais ferramentas de marketing que um restaurante pode ter, isso porque nele os clientes podem encontrar as informações sobre venda e publicidade do que o seu restaurante está ofertando. Mas nem sempre foi assim, nas décadas passadas o cardápio para restaurante era um pouco diferente, simplesmente falavam os nomes dos pratos servidos e os empregados ficaram encarregados de guardar tudo na cabeça. Anos depois, nos restaurantes parisienses os nomes foram escritos em pequenos quadros e colocados nas portas dos estabelecimentos. Junto a necessidade crescente, os cardápios foram introduzidos no cotidiano dos bares e restaurantes.

Aos poucos, os clientes sentiram cada vez mais a necessidade de consultar essas cartas com as informações e passaram a pedir aos atendentes para vê-las. Assim, surgiu os cardápios que conhecemos hoje, individuais.

Cuidados a serem tomados na hora do planejamento de um cardápio para restaurante

Cada carta com o menu de comidas e/ou bebidas tem que ser cuidadosamente planejado e elaborado, já que, como dito anteriormente, são importantes ferramentas de marketing. Ele é o primeiro elemento a ser pensado quando o assunto é a abertura de um estabelecimento que oferte comidas e bebidas.

Alguns pontos importantes devem ser pensados, como:

  • Quem serão os prováveis compradores;
  • Quais são as preferências das pessoas da região em que você abriu o seu estabelecimento;
  • Qual será o horário de atendimento;
  • Como é o ambiente do restaurante e a distribuição dentro desse espaço físico;
  • Qual é o número de refeições que o seu restaurante está disposto a oferecer;
  • Quais são os utensílios que o seu restaurante terá e qual a mão de obra necessária para que tudo funcione perfeitamente.

Há ainda, aspectos que condizem com a escolha das cores e o equilíbrio que deve existir entre elas, como as formas, texturas dos ingredientes na montagem dos pratos, temperatura dos alimentos, sabores e temperos, etc. Todos esses fatores contribuem para dar aquele toque especial no lugar.

A estrutura gráfica e física da sua carta/cardápio também brilhará ou não aos olhos dos seus clientes. Elementos bem organizados podem atrair ou não quem irá comprar no seu estabelecimento, mesmo que isso seja uma reação consciente daquele que compra.

Há donos de restaurantes que anseiam em ganhar espaço e fidelizar a marca de seus restaurantes, assim acabam não se importando muito com o planejamento de um cardápio adequado e bem elaborado, deixando de tirar proveito dessa ferramenta. Um exemplo disso são os cardápios muitos extensos, geralmente eles cansam e confundem o consumidor. Outro ponto são as fontes utilizadas, pratos listados com letras em fontes pequenas limitam a visibilidade, aborrecendo o leitor, ainda mais se o ambiente dispor de pouca iluminação.

Podemos perceber que o cardápio é uma das peças de grande importância na hora de conquistar e fidelizar um cliente. O prato principal do seu restaurante é um dos principais pedidos dos clientes ao chegar no seu estabelecimento.

Veja 6 dicas que você tem que lembrar sobre o seu cardápio para restaurante:

  1. Ele deve demonstrar para o cliente o propósito da casa;
  2. O cardápio nunca deve ser encarado como uma  tabela de preços;
  3. Ele é um poderoso instrumento de vendas e atratividade para os clientes;
  4. A ideia do cardápio é despertar as primeiras impressões sensoriais do cliente;
  5. Deve-se investir na confecção de um cardápio, pois ele é de extrema importância;
  6. Demonstre credibilidade, confiança e bom gosto.

Quer mais informações sobre como montar o cardápio do seu restaurante? Baixe nosso e-book gratuito sobre o assunto.

cardápio para restaurante

Artigos relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *