Lanchonete: confira os principais passos para abrir a sua!

Luan SantosLanchonetes2 Comments

LANCHONETE

Lanchonete é uma das ideias mais frequentes entre quem quer abrir o primeiro empreendimento.

A aparente simplicidade e a distância com que as crises passam pelo setor de alimentação são fatores que seduzem os empreendedores em busca de um bom projeto.

Mas gerenciar esse tipo de negócio não é tão simples assim: três entre cada cinco estabelecimentos abertos não resistem ao primeiro ano de funcionamento.

Já pensou em como abrir a sua lanchonete? Saiba que é uma boa ideia de negócio e que não precisa de tanto investimento, separamos abaixo alguns fatores essenciais que você precisa saber para abrir uma lanchonete de sucesso.

Planejamento inicial

Este documento informa sobre o perfil e o ambiente de negócio que as lanchonetes fazem parte. Não chega a ser um plano de negócio, pois o objetivo é apresentar uma visão geral do negócio, as variáveis que mais afetam e as potencialidades do negócio.

Entenda o mercado

O comércio alimentício está em constante crescimento, podemos citar algumas vantagens como a baixa dependência do movimento da economia e a entrada de dinheiro no caixa diariamente. Estes fatores são atrativos para quem pretende investir no ramo de lanchonetes.

Para que um empreendimento consiga sobreviver no mundo globalizado de hoje, é preciso inovar e ser melhor que a concorrência, portanto, sair um pouco dos padrões e ressaltar seu diferencial no mercado é uma chave de sucesso. Mas lembre-se, para isso, os produtos precisam ser de qualidade.

Geraldo Castelli, em seu livro “Excelência em hotelaria – uma abordagem prática(1994)” fala um pouco sobre as dimensões de qualidade no mercado. É interessante abrir uma lanchonete baseada nestes pilares, que são: Durabilidade, desempenho, estética, qualidade percebida, características, confiabilidade, conformidade e atendimento.

como abrir uma lanchonete

 Encontre a localização ideal

A localização da sua lanchonete é fundamental, afinal seus clientes precisam encontrar seu estabelecimento rapidamente. Portanto, o certo a se fazer é optar por um local com alto giro de pessoas, como por exemplo no centro da cidade, perto de empresas e escolas, ou em um ponto bem movimentado em algum bairro específico.

Lembre-se de focar na imagem da sua lanchonete, deixe tudo sempre higienizado e com uma ótima aparência. Mesmo se o espaço for pequeno, utilize de sua criatividade para deixar o ambiente aconchegante e agradável, todos os detalhes podem contribuir para um fluxo maior de pessoas

Se quiser saber como abrir ou deixar sua lanchonete mais atrativa, clique aqui.

Exigências legais e específicas

Quando escolher a região de seu estabelecimento é necessário observar divergências estaduais e municipais para a implementação do negócio. Recomendamos contratar um contador, pois ele ajudará durante todo o processo. 

As etapas para formalização da lanchonete no país são:

  • Registro da empresa na Junta Comercial da cidade, cujo processo normalmente inclui a emissão de alvará de funcionamento da prefeitura ou administração regional (no caso do Distrito Federal) e do corpo de bombeiros, sem a necessidade de realizar os processos separadamente;
  • Registro da empresa no CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) da Secretaria da Receita Federal.
  • Cadastro na Previdência Social junto a Agência da Previdência Social do município da empresa e de seus responsáveis legais, para assim poder contratar pessoal (INSS/FGTS);
  • Inscrição no cadastro de contribuintes do ICMS da Secretaria do Estado da Fazenda;
  • Enquadramento na Entidade Sindical Patronal correspondente às atividades da empresa;
  • Alvará de licença para manipulação e produção de alimentos junto a Divisão da Vigilância Sanitária Estadual;
  • Confecção de um manual de boas práticas;
  • POP .

Antes da formalização, o potencial empresário deve verificar na prefeitura da sua cidade se o local escolhido pode ser utilizado para uma lanchonete, precisando assim de uma vistoria.  

Estude seu público e seus produtos

Depois de ter escolhido o local, você poderá fazer uma pesquisa nos estabelecimentos ao redor e definir seu público alvo, analisando a demanda e escolhendo com precisão os produtos a serem oferecidos na lanchonete.

Lembre-se de sua concorrência, vá até as lanchonetes mais próximas e veja como é feito o trabalho, abrindo sua mente para mais estratégias e ideias que podem alavancar o seu negócio.

 Liste os equipamentos para sua lanchonete

Tudo irá depender da variedade e quantidade de lanches a serem produzidos. Conheça os equipamentos básicos e necessários para uma lanchonete:

  • Freezers;
  • Geladeira;
  • Balcão;
  • Chapas;
  • Exaustor;
  • Espremedor de frutas;
  • Liquidificador;
  • Vitrines quentes e frias;
  • Fritadeiras;
  • Forno;
  • Talheres, prato, copos, panelas e utensílios de cozinha;
  • Mesas e cadeiras;
  • Caixa;
  • Móveis e utensílios à sua escolha.

Funcionários

Os colaboradores para operacionalização do negócio irá depender do porte da empresa, capacidade produtiva e nível de serviço que se pretende trabalhar.

Dependendo da demanda que seu negócio irá influenciar na quantidade de colaboradores e a qualificação exigida para trabalhar na empresa.

Uma lanchonete de pequeno porte pode contar com o seguinte corpo de colaboradores:

  • Gerente;
  • Caixa;
  • Atendente;
  • Cozinheiro;
  • Copeiro.  

Organização

Por se tratar de uma empresa tanto na prestação de serviços como de produção de bens, o processo produtivo será reflexo do fluxo de atividades que acontecem desde a recepção ao ato de pagamento pelo produto adquirido.

Além desses processos o que pode garantir a eficiência no seu atendimento são as ações realizadas antes da venda e no pós venda, garantindo um bom funcionamento geral.

Podemos definir o processo nas seguintes etapas:

  • Compra de matéria prima;
  • Rotulagem e estocagem;
  • Disposição dos produtos;
  • Produção a ser disponibilizada nas vitrines quentes e frias;
  • Disposição dos produtos nas vitrines;
  • Atendimento ao cliente no balcão e nas mesas;
  • Produção de lanches e bebidas frescas;
  • Entrega dos lanches;
  • Atendimento final ao cliente no caixa.

 Esteja ciente do investimento

O investimento necessário para montar uma lanchonete é algo que gira em torno de R$ 40.000 a R$100.000, considerando todos os equipamentos, aluguel do local, móveis, estoque inicial, funcionários e uma breve campanha publicitária para a divulgação inicial do seu negócio.

Porém todos esses custos podem variar de acordo com a estrutura desejada, da capacidade produtiva e se irá trabalhar com aquisição de terreno e construção ou aluguel.

Automação

Um sistema de gestão pode lhe oferecer controle de vendas, financeiro e cruzam essas informações com a ficha técnica de cada produto ou serviço.

Ele ainda possibilita controle de estoque, cadastro de clientes e fornecedores, controle de contas a pagar e receber, fluxo de caixa, fechamento de caixa, entre outros controles.

Uma lanchonete informatizada tem grandes chances de obter destaque perante seus concorrentes à medida que seus processos são facilitados, uma vez que a tomada de  decisão é assegurada pelas informações contidas no sistema de gestão. De forma simples a produtividade aumenta já os custos e erros diminuem.

Dicas extras:

  • Comanda: Não utilize comandas de papel, apesar de gerar pouco custo, elas reduzem a fluidez do seu atendimento, podendo gerar erros nas anotações e furos no caixa. Opte pela comanda eletrônica e até mesmo pelo cardápio eletrônico. Atualizar os meios de funcionamento irão facilitar seu dia a dia e destacar um diferencial para automatizar os processos.
  • Mídia: Estabeleça um fluxo contínuo de marketing em sua lanchonete, procure proporcionar uma boa imagem nas mídias sociais e atraia clientes nas formas mais atualizadas de comunicação.
  • Atendimento: Por fim, preze bastante no atendimento de seu estabelecimento, a satisfação do seu cliente é praticamente o que irá movimentar sua lanchonete. Tenha certeza de repassar isso para seus funcionários. Confira clicando aqui como melhorar o seu atendimento.

Quer melhorar ainda mais os processos na sua lanchonete? Então clique abaixo e confira todas as soluções que o Sischef oferece para sua lanchonete.

2 Comments on “Lanchonete: confira os principais passos para abrir a sua!”

    1. Obrigado pelo seu feedback, Pedro.

      Ele nos ajuda a melhorar nosso conteúdo constantemente e este será revisto em breve.

      Você tem alguma sugestão do que seria ideal e não poderia faltar nesse artigo?

      Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *