Gestão de estoque em tempos de crise: como fazer?

Jeniffer OliveiraFood Service, Gestão, Sem categoriaLeave a Comment

gestao de estoque em tempos de crise

Em um mundo competitivo em que vivemos, é necessário ter uma gestão de estoque mais eficaz significa resultados mais otimizados. Porém, em um mundo pré-pandemia, estabelecemos metas ousadas, envolvendo vários números e lucratividade. Sendo assim, saber gerir e controlar com eficácia os estoques é essencial para o alcance e manutenção da organização.

Em tempos de pandemia, é extremamente importante manter o estoque sempre organizado. Mas qual é a melhor prática para facilitar a produção do seu cardápio? Mesmo que você pretenda atender apenas o delivery, ou planeje continuar atendendo o público normalmente, a primeira recomendação é: diminua o cardápio, assim gerir seu estoque em tempos de crise será mais fácil.

Foque nos pratos que normalmente são o seu carro-chefe e volte com o cardápio completo quando toda essa situação se normalizar. Esta atitude fará com que você consiga dar mais atenção nos itens que realmente irão precisar, reduzindo a demanda de matérias-primas. 

Cenário fragilizado

Em um cenário de pandemia mundial, a economia fica imprevisível. Em consequência, os custos de insumos aumentam, conforme a demanda cresce, uma provável escassez dos produtos pode ser inevitável. A expectativa é de que o delivery continue crescendo. Caso você já forneça esse atendimento, fique atento para não baixar a qualidade do produto final. Pesquise sempre e negocie com seus fornecedores para manter um estoque razoável de matérias-primas para poder atender a alta que o delivery terá. Comprando uma grande quantidade de produtos, muitos fornecedores podem ser mais flexíveis na hora da negociação. 

E o consumo local?

Se o seu objetivo é continuar com o consumo no local, tome muito cuidado. Além de todas as precauções necessárias divulgadas pela Abrasel, com o objetivo de evitar a proliferação do coronavírus, é necessário ter um planejamento cuidadoso. Tenha sempre na ponta da caneta a quantidade que você irá poder produzir muito bem especificada. Assim sendo, procure comprar apenas o essencial para a sua produção, para evitar que esses produtos vençam no seu estoque. 

O que levar em consideração na gestão de estoque

Leve em consideração também a opção de fechar o seu estabelecimento para o atendimento presencial e focar apenas no delivery neste momento. Sendo assim, você poderá atender um maior número de pedidos com um menor risco de perder insumos. Seja rápido na compra de matérias-primas para o seu delivery, afinal muitas coisas já estão entrando em falta e a tendência é de que os preços subam.

E se meus produtos estiverem para vencer?

Caso seus produtos estejam próximos da data de vencimento, pense em organizar uma mega promoção de pratos ou lanches com esses produtos, e coloque essa promoção em um aplicativo de delivery. Assim sendo, você pode deixar a sua imaginação correr solta para criar novos pratos, sem ter o prejuízo dos materiais que estão para vencer.

Independente da escolha que você: atender delivery ou continuar atendendo presencialmente, esteja sempre antenado às notícias e preparado para tomar planos de contingência caso necessários. Siga as informações repassadas pelo governo e pela prefeitura da sua cidade e mantenha os bons hábitos de higiene entre todos no espaço. É indispensável fazer a sua parte para que o vírus reduza a sua proliferação e a economia volte ao normal o mais rápido possível. 

  • Analise cada item do seu estoque

Uma grande armadilha que pode prejudicar o seu planejamento e gerenciamento do estoque é basear-se somente na experiência passada para definir o seu mix de produtos, ou confiar no fator da sazonalidade. Invista em uma análise consistente das informações. Entender os contextos e tirar as melhores conclusões que ajudem em uma melhor composição do seu estoque. Possuir um sistema que ajude você a organizar o seu estoque é uma ótima maneira de evitar desperdícios e controlar o que realmente está sendo usado.

Nos tempos atuais, é impossível conhecer profundamente o nosso consumidor. Porém, as ferramentas analíticas nos permitem mapear algumas informações que indiquem a época do ano em que cada consumidor compra mais ou o ticket médio, por exemplo. Com essas informações em mãos é possível criar estratégias e promoções personalizadas visando eliminar o seu estoque excedente. Forneça também um atendimento personalizado para o cliente. Utilize os dados que estão à sua disposição para desenvolver tanto campanhas promocionais quanto de fidelização de clientes.

  • Tenha um bom planejamento

Após conhecer melhor o comportamento de compra do seu cliente e do seu mix de produtos, é possível fazer uma gestão inteligente do seu estoque, melhorando os processos logísticos e a negociação com os fornecedores. Realizar uma compra planejada e com uma base de informação consistente evita o acúmulo de produtos, reduzindo o custo da produção. É indispensável saber quando e quanto é necessário comprar de cada fornecedor é um grande diferencial que ajuda a manter o equilíbrio no estoque.

 

Esperamos que esse post te ajude a melhorar a gestão do seu estoque.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *