Dark Kitchen – A tendência que veio para ficar

Ana Paula MoraesFood Service, Sistema para restauranteLeave a Comment

dark kitchen

Tempo de leitura: 15 minutos


Muitas empresas tiveram que se reinventar durante a pandemia do Covid-19.

Sem ter a opção de atendimento presencial, foi preciso se adequar ao serviço de entregas. Foi a partir desse ponto que vários food services reconheceram em definitivo o quanto essa forma de serviço pode ser lucrativa.

Dentro desse novo cenário, nossos costumes e estilos de vida mudaram. Tivemos que nos adaptar as mudanças impostas, como passar muito mais tempo em casa, assim também, como o comércio e os restaurantes foram obrigados a fecharem as suas portas.

Porém, um conceito de negócio, nem tão atual, começou a ganhar mais força, as chamadas Dark kitchen.

Você não sabe o que Dark kitchen? Não se preocupe!

 Neste artigo reunimos informações para que você entenda o que é e como funciona esse serviço.

Quer saber mais? Continue a leitura! 

Mas o que é dark kitchen?

As dark kitchen, conhecidas também como ghost restaurant, são restaurantes que não possuem atendimento presencial, sendo seu atendimento realizado apenas por entregas. Acima de tudo, essa tendência vem chamando atenção de empresários que querem seguir no ramo dos food services – principalmente por aqueles que precisaram se reinventar durante a pandemia do Coronavírus – pelo fato de não haver necessidade de grandes investimentos com o espaço físico para o atendimento aos clientes. É necessário, apenas, o espaço destinado a cozinha para a preparação dos pedidos.

Outro fato que chama a atenção é a questão da localização. Além de ser mais barato do que um food service de atendimento presencial, geralmente esse estilo de cozinha é localizado em áreas onde os aluguéis são mais baratos, já que a venda independe da sua localização. Dessa forma, as dark kitchen não precisam se preocupar se o local é estratégico para atender e atrair a clientela. 

Além disso, uma cozinha dark kitchen pode trabalhar com várias marcas diferentes, o que acarreta mais lucro, ou seja, uma dark kitchen pode oferecer comida japonesa e chinesa ao mesmo tempo, sendo preparadas no mesmo local. 

Por fim, esses food services também não possuem necessidade de fachada para sua identificação, um ponto a mais na hora de economizar.

Por tudo isso, talvez você já tenha passado por uma dessas e nem tenha percebido. Interessante, não?

Tendência

O consumidor

A procura por algo mais prático, fácil e sem ter a necessidade de sair de casa se tornou um hábito e uma exigência de muitos clientes.

Sem muitas opções, ficar em casa maratonando sua série favorita junto de uma boa comida se tornou um hábito comum. Sobretudo, depois da pandemia muitas pessoas mantiveram esses costumes.

Com as informações acima, perceba que é pouco provável que esse segmento desapareça, ainda mais por conta das mudanças de comportamento dos clientes. 

Destaque das dark kitchen no Brasil

Segundo a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), com a pandemia da Covid-19, o atendimento de delivery cresceu e ganhou força através dos aplicativos de entrega. Em 2020, só no Brasil foi responsável por quase metade do crescimento desse mercado na América Latina, chegando a 48,77%.

Ou seja, esse tipo de atendimento, é rentável e a tendência é aumentar cada vez mais. Por isso é preciso estar atento a cada novidade do mundo das dark kitchen. 

Baixo investimento para uma dark kitchen

Como já mencionado, um dos pontos para que esses restaurantes tenham caído nas graças dos empreendedores é o seu baixo custo. 

Entretanto, é necessário focar em alguns pontos importantes, por exemplo, no plano de negócio.

Como qualquer negócio, a dark kitchen precisa ser planejada, para que o negócio seja bem estruturado. Não é por ser um investimento baixo que não seja preciso planejar todos os seus detalhes, pelo contrário, esse estilo de negócio precisa ser muito bem estruturado, do contrário ele estará fadado a ser um mal investimento.

Aplicativos de delivery, redes sociais e a dark kitchen

Aliado a dark kitchen estão os aplicativos de delivery. Com esses aplicativos a entrega do pedidos é terceirizada. Dessa forma, algo que seria uma grande preocupação para o gestor do food service é atenuada. 

Outra vantagem dos apps são as facilidades oferecidas relacionadas ao auxílio na promoção da marca por meio de cupons de desconto para os clientes e muito mais.

Antes de mais nada, vale dizer também que existem algumas outras aliadas poderosas as dark kitchen. São elas as redes sociais. Como um espaço físico marcante não existe, o que vemos são empresas dando destaque a suas marcas por meio de perfis no Instagram, Facebook, etc.

Para iniciar esse trabalho nas redes você pode contratar uma empresa especializada. Mas jamais a deixe de acompanhar o que está sendo feito.

Embalagens e cuidados na entrega

O cuidado com a embalagem é indispensável.

Produtos de delivery precisam estar bem embalados e com lacre de segurança para passar a ideia de que o restaurante ou similar se importa com a segurança e qualidade dos pedidos. Além disso a forma como chegam até o cliente é também um ponto importante.

Como a dark kitchen não conta com atendimento presencial, a embalagem será a primeira impressão. Como diz o ditado “é a primeira impressão que fica”. Aliás, aposte também em embalagens biodegradáveis, isso mostrará que o estabelecimento se preocupa com o meio ambiente. 

Uso da tecnologia para as dark kitchen 

Antes de mais nada, precisamos destacar que um food service que não possui nenhum sistema de gestão pode perder muitas vendas para falta organização.

Nesse sentido, investir em um sistema para gestão de restaurante para organizar seus pedidos, estoque, financeiro, etc., é uma ótima opção. 

Com ele ocorre a automação dos processos que deixam qualquer food service mais completo. Invista nesses recursos para agilizar os processos de seu restaurante, deixando seu atendimento fácil, prático e seu delivery ficará mais eficiente.

Você não conhece nenhum sistema de gestão? Sendo assim, te apresentamos o Sischef! 

O Sischef é o sistema de gestão de restaurantes mais completo do Brasil, contando com módulos que vão do recebimentos dos pedidos até o abatimento do estoque. No nosso  PDV online os seus pedidos de delivery são confirmados e enviados automaticamente para as áreas de produção sem ter a necessidade de serem confirmados. Sem mencionar que ele é o sistema com mais integração com aplicativos de delivery do Brasil.

Para solicitar uma demonstração gratuita, clique aqui.

Conclusão

As dark kitchen são a opção mais econômicas para se investir no universo gastronômico.

Junto a estratégias e a tecnologia será possível conseguir atingir números  mais que satisfatórios e crescer ainda mais no mundo das dark kitchens.

Não tenha medo de arriscar e siga em frente já que esse tipo de serviço veio para ficar.

Gostou do conteúdo? Conta pra gente nos comentários.

 

Acesse também:

Automação Comercial: o que é e o que ela faz pelo seu negócio.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *